Santo Aleixo da Restauração, Moura (2005)Manuel Fialho, tamborileiro de Sto. Aleixo entre 1985 e 2005 (Fotografia: Arquivo da C.M. de Moura).
Nota: utilizou sempre uma flauta de bisel de plástico. Segundo o próprio, a "antiga" flauta de três buracos terá desaparecido antes de 1985. O seu irmão foi o anterior tamborileiro de Sto. Aleixo.